quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

OPORTUNIDADE!

Prefeitura de Coronel João Pessoa abre processo seletivo com oferta de 129 vagas temporárias

A Prefeitura de Coronel João Pessoa lançou o edital de um processo seletivo simplificado para preencher, temporariamente, 129 vagas (97 vagas imediatas e 32 para cadastro reserva) em diversos cargos que exigem ensino fundamental, médio ou superior. Os salários variam entre R$ 937,00 e R$ 5.000,00, por jornadas de trabalho de 20, 30 ou 40 horas semanais.
Os interessados poderão se inscrever de forma presencial na Escola Municipal Dr. Severiano localizada na Rua Alcides Viana, S/N, Centro de Coronel João Pessoa/RN, das 07h às 12h e de 13h às 17h entre os dias 23 e 24 de fevereiro de 2017.
Os cargos de nível superior são: Assistente Social (3), Bioquímico (2), Odontólogo (2), Fonoaudiólogo (1), Gestor em Saúde Pública (1), Médico PSF (2), Médico Plantonista (2), Nutricionista (2), Pedagogo (3), Professor (36), Psicólogo (3) e Instrutor de Academia (1).
As oportunidades para nível médio são para Assistente Administrativo (9), Auxiliar de Consultório Odontológico (2), Técnico Desenhista Cadista (1), Fiscal de Tributos (1), Orientador Social (5) e Técnico de Enfermagem (14).
Já para o nível fundamental as oportunidades são para os cargos de Agente Comunitário de Saúde (3), Auxiliar de Serviços Gerais (24), Motorista de Urgência (2) e Vigia (10).
Conforme o edital o processo seletivo simplificado será constituído de avaliação curricular referente às áreas de atuação profissional a cada cargo para todos os cargos; além de prova prática para o cargo de motorista. O resultado parcial será divulgado no dia 02 de março e o resultado final do certame sai no dia 09 de março. A validade do processo é de 1 ano.
Clic Aqui e leia o edital completo do processo seletivo.

Fonte: São Miguel News

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

NOTÍCIA DA EDUCAÇÃO

CARTA ABERTA: A IMPRESCINDÍVEL CRÍTICA À REFORMA DO ENSINO MÉDIO E O PAPEL DA GEOGRAFIA


A comunidade acadêmica, professores e pesquisadores da área de Geografia, através de sua Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Geografia (ANPEGE), vem externar a defesa de uma análise crítica séria e democrática sobre a Reforma do Ensino Médio, ora em tramitação, e o papel secundário dado à Geografia como campo de conhecimento, imprescindível na abordagem dos principais problemas contemporâneos, especialmente aqueles que envolvem a leitura integrada dos processos de globalização e fragmentação, a dinâmica geopolítica e as relações sociedade-natureza.

Neste sentido, questionamos:

A forma apressada com que foi promovida a Reforma do Ensino Médio que, ao contrário de outros países, onde envolveu vários anos de amplo debate, desconsiderou muitos dos agentes e/ou áreas envolvidos.

O caráter prioritariamente técnico-profissionalizante da Reforma, restringindo a formação humanista, em especial, para aqueles que optarem por formações mais tecnológicas, já que as disciplinas estão contempladas em itinerários formativos: Linguagens e suas Tecnologias; Matemáticas e suas tecnologias; Ciência da Natureza e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Ciências Humanas e Sociais Aplicadas e Formação Técnica Profissional, podendo ser oferecido, assustadoramente, apenas um desses eixos.

A ausência da Geografia como disciplina obrigatória: apesar da obrigatoriedade da Geografia no que tange ao Ensino Fundamental, no que se refere à Reforma do Ensino Médio a temática é nebulosa, tornando incerta a presença da disciplina na formação dos estudantes. Tal disciplina poderá ser contemplada no eixo de Ciências Humanas que não está claro

A viabilidade da louvável extensão da carga horária e a educação em tempo integral, diante das condições de precariedade e a contenção de verbas vividas em nível nacional.

A contratação de profissionais com “notório saber”, que abre margem para profundas discrepâncias na qualidade do ensino e a desvalorização de profissionais com formação específica em suas áreas.

Em síntese, uma reforma nessas bases peca pela ausência do debate crítico no diálogo com aqueles que efetivamente deveriam ser seus protagonistas, os professores e alunos e, ao não reconhecer a obrigatoriedade de uma disciplina como a Geografia, cada vez mais valorizada diante das problemáticas contemporâneas, vai contra o propósito básico da educação, a construção e o fortalecimento de uma cidadania plena.

Diretoria da ANPEGE
Porto Alegre, 17 de fevereiro de 2017.

Enviado pelo professor, escritor, pesquisador do cangaço e gonzaguiano José Romero de Araújo Cardoso

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

REFLEXÃO BÍBLICA

Salmos 37


1 NÃO te indignes por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos que praticam a iniquidade.
2 Porque cedo serão ceifados como a erva, e murcharão como a verdura.
3 Confia no Senhor e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado.
4 Deleita-te também no Senhor, e te concederá os desejos do teu coração.
5 Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará.
6 E ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo como o meio-dia.
7 Descansa no Senhor, e espera nele; não te indignes por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa astutos intentos.
8 Deixa a ira, e abandona o furor; não te indignes de forma alguma para fazer o mal.
9 Porque os malfeitores serão desarraigados; mas aqueles que esperam no Senhor herdarão a terra.
10 Pois ainda um pouco, e o ímpio não existirá; olharás para o seu lugar, e não aparecerá.
11 Mas os mansos herdarão a terra, e se deleitarão na abundância de paz.
12 O ímpio maquina contra o justo, e contra ele range os dentes.
13 O Senhor se rirá dele, pois vê que vem chegando o seu dia.
14 Os ímpios puxaram da espada e armaram o arco, para derrubarem o pobre e necessitado, e para matarem os de reta conduta.
15 Porém a sua espada lhes entrará no coração, e os seus arcos se quebrarão.
16 Vale mais o pouco que tem o justo, do que as riquezas de muitos ímpios.
17 Pois os braços dos ímpios se quebrarão, mas o Senhor sustém os justos.
18 O Senhor conhece os dias dos retos, e a sua herança permanecerá para sempre.
19 Não serão envergonhados nos dias maus, e nos dias de fome se fartarão.
20 Mas os ímpios perecerão, e os inimigos do Senhor serão como a gordura dos cordeiros; desaparecerão, e em fumaça se desfarão.
21 O ímpio toma emprestado, e não paga; mas o justo se compadece e dá.
22 Porque aqueles que ele abençoa herdarão a terra, e aqueles que forem por ele amaldiçoados serão desarraigados.
23 Os passos de um homem bom são confirmados pelo Senhor, e deleita-se no seu caminho.
24 Ainda que caia, não ficará prostrado, pois o Senhor o sustém com a sua mão.
25 Fui moço, e agora sou velho; mas nunca vi desamparado o justo, nem a sua semente a mendigar o pão.
26 Compadece-se sempre, e empresta, e a sua semente é abençoada.
27 Aparta-te do mal e faze o bem; e terás morada para sempre.
28 Porque o Senhor ama o juízo e não desampara os seus santos; eles são preservados para sempre; mas a semente dos ímpios será desarraigada.
29 Os justos herdarão a terra e habitarão nela para sempre.
30 A boca do justo fala a sabedoria; a sua língua fala do juízo.
31 A lei do seu Deus está em seu coração; os seus passos não resvalarão.
32 O ímpio espreita ao justo, e procura matá-lo.
33 O Senhor não o deixará em suas mãos, nem o condenará quando for julgado.
34 Espera no Senhor, e guarda o seu caminho, e te exaltará para herdares a terra; tu o verás quando os ímpios forem desarraigados.
35 Vi o ímpio com grande poder espalhar-se como a árvore verde na terra natal.
36 Mas passou e já não aparece; procurei-o, mas não se pôde encontrar.
37 Nota o homem sincero, e considera o reto, porque o fim desse homem é a paz.
38 Quanto aos transgressores, serão à uma destruídos, e as relíquias dos ímpios serão destruídas.
39 Mas a salvação dos justos vem do Senhor; ele é a sua fortaleza no tempo da angústia.
40 E o Senhor os ajudará e os livrará; ele os livrará dos ímpios e os salvará, porquanto confiam nele.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

NOTÍCIA LITERÁRIA

Poeta pernambucano conta a Reforma Protestante em cordel

Obra escrita por poeta pernambucano alude aos 500 anos do movimento religioso
O jornalista e cordelista Jénerson Alves lançou um folheto que conta, poeticamente, a história da Reforma Protestante. Processo histórico na história do cristianismo que deu origem ao movimento protestante e evangélico em todo o mundo, agora recebe uma análise e narração cultural.
Jénerson, que também é presidente da Academia Caruaruense de Literatura de Cordel (ACLC), produziu o folheto que, segundo ele, pretende provocar reflexões ao público evangélico sobre a história das instituições cristãs existentes no dia de hoje. 
 
O autor considera que uma parte dos evangélicos brasileiros desconhecem as raízes do movimento e seus desdobramentos. “Devido ao grande aumento no número de igrejas evangélicas no Brasil nas últimas décadas, nem todos conhecem bem as origens do segmento”. 
Alves acredita que o cordel é uma ferramenta eficaz para a aprendizagem das questões históricas que envolvem a Reforma Protestante. “Através do cordel, esta mensagem é narrada de maneira clara e objetiva, pois a poesia popular traz a síntese como uma de suas características mais marcantes”, argumentou. 

Confira trechos: 

Ao entender a Mensagem,
Teve alegria tamanha
Que escreveu noventa e cinco
Teses contra a venda estranha
De indulgência papal
E expôs na Catedral
De Wittenberg, Alemanha.

Fizeram cópias das teses
Em latim e alemão.
Um tempo depois, as tais
Se espalharam na nação,
Gerando o maior abalo
E o papa quis obrigá-lo
A fazer retratação.

Mas Lutero recusou-se
Renunciar à Verdade.
Não viu o poder do papa,
Viu de Deus a majestade.
Com a fé que ninguém toma,
Foi infiel ante Roma,
Mas foi fiel à Trindade.

Publicado originalmente em GP

ATENÇÃO ESTUDANTES!

UFRN REALIZA CADASTRO DE CONVOCADOS NA 2ª CHAMADA DO SISU A PARTIR DESTA TERÇA (21)


A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) realiza a partir desta terça-feira, 21, o cadastramento dos aprovados na segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada (SiSU). As datas de atendimento variam de acordo com o campus para o qual seja destinada a vaga do aluno, distribuídas da seguinte forma: campi Natal e Macaíba nos dias 21, 22, 23 e 24; campus Caicó ou curso multicampi de Medicina (Caicó, Currais Novos e Santa Cruz) nos dias 22, 23 e 24; campi de Currais Novos e Santa Cruz nos dias 23 e 24.

A pró-reitora de Graduação, Maria das Vitórias Vieira Almeida de Sá, recomenda aos estudantes acessar o edital disponível em sisu.ufrn.br, onde poderão consultar dia e local do cadastramento, além dos documentos e declarações necessários. O horário de atendimento será das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h, em todos os pontos de cadastramento.

OPORTUNIDADE!

Edital confirma concurso com 32 vagas para o Ministério Público do RN

São 32 vagas para os cargos de Analista (Contabilidade e Engenharia Civil) e Técnico do MPE; as inscrições começam no dia 13 de março
São 32 vagas para os cargos de Analista (Contabilidade e Engenharia Civil) e Técnico do MPE; as inscrições começam no dia 13 de março

O Ministério Público do Rio Grande do Norte publicou nesta terça-feira (21,) no Diário Oficial do Estado, edital para realização de concurso público para preenchimento de cargos no seu quadro de pessoal efetivo. As inscrições serão iniciadas no próximo dia 13 de março e são ofertadas 32 vagas, sendo três delas para o cargo de Analista/Contabilidade; duas para o cargo de Analista/Engenharia Civil; e outras 27 vagas para o cargo de Técnico do MPRN, incluídas nos totais as vagas destinadas às pessoas com deficiência.
O cargo de Analista do MPE é de nível superior e a taxa de inscrição é de R$ 180,00. Já o cargo de Técnico do MPE é de nível médio e a taxa de inscrição custa R$ 110,00. A remuneração inicial do cargo de Analista/Contador e Analista/Engenheiro é de R$ 5.609,19 (incluído o vencimento, auxílio alimentação e auxílio saúde). Por sua vez, a remuneração do cargo de Técnico é de R$ 4.472,71 (também incluídos vencimento mais benefícios).
O concurso público será realizado pela Comperve e as inscrições prosseguem do dia 13 de março até o dia 11 de abril (às 23h59 observado o horário local). O candidato deve acessar o portal da Comperve na internet (www.comperve.ufrn.br) no qual estarão disponíveis o Edital e o Formulário de Inscrição.
As provas deverão ser aplicadas no dia 07 de maio em Natal e em Mossoró, com o resultado final sendo divulgado em 23 de junho.
O procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis Lima, destacou o empenho da Comissão do Concurso, pela celeridade na retomada do certame e finalização do Edital após a publicação do último Relatório de Gestão Fiscal, que permitiu o prosseguimento de importante processo seletivo.
Confira aqui o Edital publicado hoje no DOE.
Do O Mossoroense

Do Blog Comunicador Efectivo

NOTÍCIA PATUENSE

PATU- PREFEITURA BENEFICIA MAIS DE 400 AGRICULTORES COM CORTE DE TERRA GRATUITO



Com a perspectiva de um bom inverno e visando apoiar e investir no pequeno e médio agricultor, que sobrevive da agricultura familiar, a Prefeitura de Patu, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, está oferecendo ao homem do campo, corte de terra gratuito, o que beneficia diretamente todas as comunidades rurais da cidade.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Rural, Dr. Ricardo Vieira, esta ação visa apoiar todos os agricultores, diminuindo os seus gastos com equipamentos e aumentando a área de cultivo do município. “Esta é uma importante ação desenvolvida pela prefeitura, que visa apoiar os agricultores e reduzir gastos com a lavoura. Com o corte de terra gratuito os agricultores poderão investir em outras atividades e aumentar ainda mais a sua produtividade”, disse.

Atualmente seis máquinas estão trabalhando em diversas comunidades como: Patu de Fora, Saco, Jatobá, João Pereira e Horizonte. No entanto, toda a zona rural será beneficiada como lembra o prefeito Rivelino. "O município de Patu está investindo recursos próprios para auxiliar o pequeno e médio agricultor patuense. Com isso visamos aumentar a produtividade diminuído despesas de inúmeras famílias que vivem da agricultura familiar", lembrou.

Rivelino solicitou urgência por parte da secretaria de Agricultura, nas medidas que visam aproveitar o período de chuvas. "Vamos aproveitar ao máximo a temporada de chuvas, agilizando e dando mais oportunidades ao homem do campo. O Corte de terra já está garantido, agora vamos buscar parcerias para a distribuição de sementes", finalizou.

SECOM
Do Blog Comunicador Efectivo